menu

Seguidores

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Ayrton Senna



Maio, mês de muitas comemorações, mas  neste mesmo dia “ morria nosso "Ayrton Senna do Brasil” , ao bater em uma curva a quase 300km/h , curva de Tamburello no circuito de Imola durante o grande Premio de San Marino de 1994.
Nunca fui chegada a corridas automobilísticas, apesar de já ter visto algumas vezes o Nelson Piquet no autódromo de Brasília, mas confesso que  me rendi ao esporte vendo meu pai e amigos grudados na TV durante as corridas de domingo e sempre numa torcida louca, era uma alegria só. Nascia aí o nosso Ayrton Senna do Brasil que fazia das manhãs de domingo um dia especial na vida de tantos brasileiros.
Um homem  de poucas palavras, um pouco tímido e muito focado nos seus ideais e seus objetivos.
Não deixou de herança só as suas vitórias nas pistas, deixou também a mensagem que devemos ser sempre melhores em tudo.


”Se você quer ser bem sucedido precisa ter dedicação total, buscar seu último limite e dar o melhor de si”

Preservava sua vida familiar e pessoal, não se considerava um ídolo, mas sabia de sua importância como exemplo para as crianças.
Preocupava-se com a pobreza no Brasil principalmente com as crianças, após sua morte descobriu-se uma doação de quase 400 mil dólares feita em segredo de uma parte de sua fortuna pessoal para as crianças pobres.
Antes de sua morte deixou criada a estruturada da organização em prol das crianças pobres brasileiras, que hoje se denomina Instituto Ayrton Senna.


“Se a gente quiser modificar alguma coisa é pelas crianças que devemos começar”.
“Devemos respeitar e educar nossas crianças para que o futuro das nações e do planeta seja digno”.

Era considerado um obsessivo em relação ao seu “trabalho” (paixão), dizia que queria sempre o 1º lugar e que vencer era o mais importante, por essa obsessão em se superar e superar o adversário muitas vezes fazia ultrapassagens perigosas, arriscadíssimas, colocando seus adversários em cheque.
                       


 
“Vencer é o que importa, o resto é conseqüência”.
“O medo me fascina”.
“Não sei dirigir de outra maneira que não seja arriscada. Quando tiver de ultrapassar vou ultrapassar mesmo. Cada piloto tem seu limite. O meu é um pouco acima dos outros”.



Ayrton Senna é considerado o maior herói brasileiro de todos os tempos, deixou muitas saudades no coração dos brasileiros. Sua morte foi considerada tragédia nacional, foi declarado luto oficial de três dias pelo governo federal que lhe concedeu honras de chefe de estado.
Mais de um milhão de pessoas foram ás ruas render sua última homenagem. 
1º de Maio, dia em que o Brasil parou para chorar a morte de seu ídolo mais amado de todos os tempos:” Ayrton Senna do Brasil”.



No site abaixo você pode se  informar mais sobre a vida pessoal e a trajetoria de nosso campeoníssimo .


Tem im site que adoro, e que vocês tambem vão gostar ele fex um texto com fotos de Ayrton Senna que vale a pena dar uma olhada.
http://valentebrasil.blogspot.com.br/ 

2 comentários:

Remédios disse...

Olá Eliana!
Vim retribuir sua visita e conhecer um pouco de você. Adorei seu blog, bem diversificado e de cara me fez lembrar com carinho de nosso grande Airton...Saudades...Parabéns pela linda homenagem que vc fez a ele e sabemos o quanto ele é merecedor de todo nosso carinho e reconhecimento.
Gostei também de outras postagens e da arte. Parebéns querida!! Já sou sua seguidora. Um grande bj.

Dettynha disse...

Olá sou BU e vim conhecer seu cantinho, desejar sucesso e prestar meu apoio. Bjss